Pages - Menu

26 de nov de 2009

Salomé por Wilde, Klimt e Eu

Desde que peguei em um lápis pela primeira vez, demonstrei para os que me cercavam, gostar de traços, desenhos, imagens, contornos... Mais tarde fiz cursinhos de desenho, pintura em tecido, um curso de estilista e finalmente um curso de desenho artístico na Panamericana de Artes, confirmando minha tendência. Embora formada em marketing, geralmente meu trabalho tende para esse ângulo. Essas imagens acima me perseguem desde sempre. As ilustrações são do livro que mais amei ler inúmeras vezes. Trata-se de Salomé de Oscar Wilde (meu autor predileto), desenhei milhares de salomés com aqueles efeitos ondulados de nuvens de espectadores no background. A Gravura é da fase dita "otimista"de Gustav Klimt (um dos meus diletos) Finalmente a bailarina linda que lembra uma Salomé, é a Giuliana que já andou pousando para nós em um outro ensaio... Entre outras, essas belezas presentes em minha vida formam o tecido do meu aparelho criativo... Só aqui entre nós...

Um comentário:

  1. Dizem que a sensibilidade é uma carcaterística do ser humano, mas, no caso da Simone, a sua sensibilidade é uma arte cultivada e aperfeiçoada por anos de prática. Só você, Simone, para traduzir coisas lindas para nós, simples mortais, naquilo que Wilde e Klimt criaram. Mais lindo ainda, é ver isso não só neste tipo de post, mas também, em tudo que você faz pelos seus clientes (que você chama de "Majestades"), que "ganham" de você sutís porções de sensibilidade criativa. Quão sortudos sois Majestades!

    ResponderExcluir